Home / noticias-geral / Um problema sério e crescente
Grande parte do lixo que deveria ser reciclado está sendo soterrado.
Grande parte do lixo que deveria ser reciclado está sendo soterrado.

Um problema sério e crescente

Após visita, vereadores esperam que situação da Usina de Reciclagem e Compostagem seja solucionada.

 

VIRGINÓPOLIS – Um trio formado por vereadores da Câmara Municipal visitou, na tarde desta segunda-feira (20), a Usina de Reciclagem e Compostagem de Virginópolis, localizada às margens da BR – 256. O propósito da visita foi pautado em diagnosticar a atual situação do local e apurar as condições de trabalho dos 12 funcionários que dependem da coleta de material reciclável retirado das pilhas de lixo para sua subsistência.

Papel, plástico, papelão, garrafas PET, latas, caixinhas de leite e alumínio em geral são alguns dos materiais passíveis de reciclagem na Usina. Um trabalho árduo e constante fomentado pelos funcionários. “Através dessas pilhas de lixo é que nós encontramos material reciclável para que a Prefeitura venda os fardos às empresas de reciclagem. Da mesma forma que a gente luta e precisa deste trabalho, a população e o poder público precisam também de nós. A gente trabalha debaixo de sol e chuva porque temos famílias que dependem de nosso suor”, disse um funcionário.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Alex Batista (PV), mostrou preocupação com as questões de segurança dos funcionários. “Há muito que precisa ser melhorado na Usina. É possível notar o descarte incorreto de rejeitos que são  jogados e enterrados na terra. Além disso, eles questionam a falta de recursos e quadro de funcionários para melhorar a estrutura da Usina”.

imgem02-noticia-usina

A vereadora Maria Ângela Coelho (PT) apontou que os funcionários trabalham em zona de risco e ainda sofrem com a falta de uniformização adequada e equipamentos de proteção. “Pudemos notar que eles precisam de um acompanhamento para evitar acidentes e doenças. Muitos não recebem a gratificação de salário insalubridade desde o primeiro dia de trabalho. É preciso que todos recebam a porcentagem deste salário. Lutaremos para regularizar todas as situações como também reciclar o lixo que está sendo soterrado sem a devida reciclagem. E vamos aproveitar a Campanha da Fraternidade 2017 que nos convida a cultivar e guardar a criação”.

Para o vereador Wesley de Souza (PTB), um fato que chamou a sua atenção foi ver grande parte do lixo que deveria ser reciclado, ser soterrado. “Tenho ciência de que a irregularidade não é culpa dos funcionários, pois estão apenas cumprindo ordens. Mas de forma alguma os resíduos devem ser soterrados, tendo em vista que as consequências para o meio ambiente são gravíssimas. Outro problema que deparei foi que, além do forte odor, muitas moscas, urubus e cachorros atrapalham o andamento dos trabalhadores. Por isso, iremos cobrar providências para sanar estes problemas, buscar oferecer aos funcionários melhores condições de trabalho, aprimorar os processos de reciclagem e compostagem do lixo, além de cobrar do órgão competente que providencie outro espaço para uma nova usina de lixo”.

Os três vereadores que visitaram a Usina esperam e confiam que toda situação irregular seja solucionada o mais breve possível.

Por Denise Fidelis
Assessoria de Comunicação

Veja Também

FOTOS: Arquivo Câmara Municipal

Vereador: conheça o papel e suas funções

VIRGINÓPOLIS – Popularmente conhecido como o “representante do povo”, o vereador nada mais é que ...